O volante Jhonnatan pode deixar o Náutico. O empresário do jogador, Júlio Cézar Patrício, afirma que o Timbu não deixou claro que pretende mantê-lo até o fim do contrato (que vence em dezembro de 2021) e que cogita negociá-lo nesta pré-temporada. Ele é alvo de interesse do Paysandu, clube onde já atuou.

- Meu sentimento é de que o Náutico não quer contar com ele para essa temporada e que pretende negociar ou emprestar, mas temos uma boa relação com as pessoas do clube e acredito que até sexta-feira isso será definido, se ele fica ou sai - afirmou o empresário.

A reportagem tentou entrar em contato com a diretoria do Náutico para falar sobre o assunto, mas não teve as chamadas atendidas.

Ainda segundo Patrício, não é só o Papão que tem interesse em Jhonnatan. Há outras equipes que sondaram o volante, mas a saída dele depende de outros fatores, além da liberação do Timbu. O jogador ainda não se reapresentou, porque estava com sintomas da Covid-19, mas recebeu diagnóstico negativo em exame que fez nesta semana.

- Tem que ser bom para o jogador também. Não adianta ser só bom para o clube. Além disso, há alguns valores em aberto do final do ano passado que precisam ser vistos. Não é muita coisa, o Náutico sempre foi muito correto conosco, mas tem algumas coisas que têm que ser colocadas na balança.

Jhonnatan tem 28 anos e está no Náutico desde 2019. Esta é sua segunda passagem pelo Timbu, pelo qual também jogou em 2018. Além do clube pernambucano, ele atuou no CSA, na Portuguesa-RJ, no Paysandu e no Remo, clubes de Belém, sua cidade natal.


Ge.globo.com

Deixe seu Comentário