O técnico Paulo Bonamigo se mostrou satisfeito com o empate do Clube do Remo em 1 a 1 com o Manaus, neste sábado, na Arena da Amazônia, pela Copa Verde. De volta à beira do gramado após seis partidas afastado em razão da recuperação de Covid-19, o treinador azulino enfatizou que o adversário está à frente no trabalho de preparação para a sequência da temporada.

– Acho que o jogo foi difícil desde o seu início. Tomamos o gol cedo, tornamos a partida mais dramática, mas no primeiro tempo já buscamos o equilíbrio, procuramos atacar pelos dois lados, buscar o resultado, tentar virar o jogo. Evidente que a gente com um jogador a mais o adversário baixa o seu bloco, ficou jogando no nosso erro. Tentamos circular a bola, forçar os lados de campo pra chegar naquilo que a gente queria. De qualquer forma acho que fico satisfeito. Nós queríamos vir aqui e levar um grande resultado. É a primeira parte de uma decisão, está tudo igual e vamos, em Belém, tentar decidir.

– O resultado foi bom, principalmente, por saber que o adversário está muito mais construído, praticamente manteve a sua base, contratou quatro, cinco jogadores pontuais.

Bonamigo ainda está tendo o primeiro contato com alguns jogadores das divisões de base que ganharam espaço recente no elenco profissional, como o meia Tiago Miranda e o atacante PP. O comandante fez apenas uma alteração no confronto: o meia Dioguinho na vaga do volante Pingo.

– Tivemos dificuldades. A rapaziada que está no banco, ainda estamos conhecendo. Jogadores muito jovens, que não tive oportunidade de trabalhar ainda, não conheço nem a própria característica.

Apesar de não contar com vários atletas importantes no acesso à Série B e hoje ter um grupo bastante reduzido, Paulo Bonamigo projeta o crescimento do Remo na Copa Verde, na busca pelo título. O embate de volta contra o Manaus por uma vaga na decisão da competição acontece na próxima quinta-feira, a partir das 16h, no Mangueirão, em Belém.

– A equipe da Copa Verde vai evoluir na questão técnica e tática. Estamos com um grupo bem enxuto, tentando equilibrar alguns jogadores no aspecto de tornar bem homogêneo. Hoje gostei da resposta. Empatar aqui não é fácil, principalmente pelo Manaus construído do jeito que está, com uma sequência de trabalho mais longe. O importante é que quinta vamos decidir em Belém.


Ge.globo.com

Deixe seu Comentário