O Londrina é um dos adversários de Remo e Paysandu no quadrangular que vale o acesso à Série B do Brasileiro de 2021. Depois de fazer um levantamento do Ypiranga-RS, que também está no caminho dos clubes paraenses pelas duas vagas à Segundona, a reportagem do ge Pará traz um panorama do Tubarão paranaense na fase de classificação da Série C.

O Londrina terminou a primeira fase na terceira colocação do Grupo B com 29 pontos conquistados em 18 jogos – oito vitórias, cinco empates e cinco derrotas, aproveitamento de 53,7%. Foram 20 gols marcados, sexto melhor aproveitamento ofensivo ao lado de Remo e Vila Nova entre os oito classificados ao quadrangular, e 16 gols sofridos, o melhor desempenho defensivo dentro da sua chave.

O clube do Paraná iniciou a competição de maneira irregular e só conseguiu entrar no G4 na nona rodada, esteve na segunda colocação na 13ª e alcançou a liderança na 17ª. Os londrinenses conquistaram o melhor aproveitamento de vitórias no torneio, duas seguidas, apenas uma vez. O pior foi o de dois empates e uma derrota. A equipe não perde há quatro confrontos: dois empates e duas vitórias.

O Tubarão tem uma campanha imbatível em casa: melhor mandante de toda a Série C com 25 pontos, oito vitórias, um empate e nenhuma derrota. Ao mesmo tempo, tem um retrospecto ruim longe do Estádio do Café, onde manda as suas partidas: segundo pior visitante com apenas quatro pontos conquistados na casa dos adversários: cinco derrotas, quatro empates e nenhuma vitória.

O técnico do time é Alemão, ex-jogador de 45 anos que é considerado prata da casa. O comandante passou por vários estágios no Londrina até chegar ao elenco profissional em 2019. Foi demitido na campanha do rebaixamento na Série B e retornou no início de 2020. O treinador vai para o seu 70º jogo na equipe paranaense.

O grande destaque do Londrina na Série C é o setor defensivo, formado pelo goleiro Dalton (ex-Paysandu); Gedeilson, Marcondes, Jeferson e Rafael Rosa. O quinteto é o responsável pelo bom aproveitamento defensivo.

Adenilson (ex-Remo), comanda o meio-campo e tem quatro gols na Terceirona, artilheiro do Tubarão. O elenco ainda conta com o meia Celsinho (ex-Paysandu) e o experiente volante multicampeão Leandro Donizete, de 38 anos, que guarda títulos como a Libertadores de 2013 com o Atlético-MG.


Ge.globo.com

Deixe seu Comentário