Agora é oficial. O São Raimundo enviou no início da noite desta segunda-feira (7) um ofício à Federação Paraense de Futebol (FPF) desistindo de disputar a Copa Verde 2020, que será realizada no ano que vem.

Na semana passada, o São Raimundo herdou uma vaga na competição regional após a desistência do Goiás, por conta da colocação dos alvinegros no ranking nacional de clubes. Mas com a eliminação da equipe da segunda divisão do Campeonato Paraense nesta manhã – perdeu para o Gavião Kyikatejê -, a diretoria viu a participação na Copa Verde como inviável, por conta dos custos.

- Gastamos muito com a Segundinha e não temos dinheiro para uma nova competição. A Copa Verde garante traslado, alimentação e hospedagem, mas não temos recursos para pagar os salários dos jogadores. Se tivéssemos passado no Parazão, tudo bem, mas como não, fica bem difícil – afirmou o presidente do São Raimundo, Luiz Bernardino.

Como a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) havia dado prazo até esta segunda-feira para o clube confirmar ou não a participação, a diretoria alvinegra se reuniu e após bater o martelo, produziu este ofício.

Com a desistência, o São Raimundo só voltará a campo por uma competição profissional no segundo semestre de 2021, quando disputará novamente a segunda divisão estadual.


Ge.globo.com

Deixe seu Comentário