Remo, Paysandu e Independente Tucuruí serão os representantes do Pará na edição 2020 da Copa Verde, que está prevista para ser disputada entre 20 de janeiro e 24 de fevereiro de 2021, com 24 equipes. A confirmação dos clubes veio nesta segunda-feira, dia 30, prazo final para o envio do ofício oficializando a participação para a CBF.

O presidente do Papão, Ricardo Gluck Paul, falou, em entrevista coletiva nesta segunda, falou da ligação do clube bicolor com a competição.

– O Paysandu tem a obrigação de participar da Copa Verde. É o maior pontuador se somar todas as edições, esteve em várias finais e tem dois títulos. Vamos jogar para confirmar o tricampeonato e se sagrar o maior campeão desse campeonato que o Paysandu respeita muito – exaltou.

Procurado pela reportagem do ge Pará, o presidente do Leão, Fábio Bentes, também confirmou a participação na competição, assim como o novo mandatário do Galo Elétrico, Rosalvo Fernandes.

Ofício do Independente-PA confirmando participação na Copa Verde 2020 — Foto: Independente-PA

O Remo conquistou a vaga para a competição através do título estadual em 2019. O Independente-PA, por ter sido vice-campeão do Parazão no ano passado, fica com a vaga destinada à FPF e o Paysandu entra através do Ranking Nacional de Clubes (RNC) de 2020.

No Pará, apenas o Papão já conquistou a competição. Em seis edições, esteve em cinco finais e ficou com o troféu duas vezes (2016 e 2018). Em 2019 perdeu a final para o Cuiabá, nos pênaltis. O Remo decidiu o torneio em 2015, derrotado também para o Cuiabá.

Paysandu conquistou o bicampeonato da Copa Verde em 2018 — Foto: Akira Onuma/O Liberal


Ge.globo.com

Deixe seu Comentário